Livraria Vida Económica
Livraria Vida Económica
Redunicre MastercardVerified by Visa
PayPal Logo
Tributação autónoma com forte subida nos carros mais baratos

Orçamento de Estado para 2019A proposta do Orçamento do Estado para 2019 (OE 2019) aumenta a tributação autónoma em sede de IRC sobre os encargos relacionados com viaturas ligeiras de passageiros e motociclos usados pelas empresas. O aumento surge em dois escalões, mas é, sobretudo no inferior, para veículos com um PVP ...

ver mais
Pagamento Especial por conta em 2019

IRCO Pagamento Especial por Conta (PEC) vai deixar de ser obrigatório, mas as empresas têm de pedir dispensa do PEC.Requerimento de dispensa de PEC As empresas que queiram ser dispensadas de fazer o Pagamento Especial por Conta (PEC) vão ter de fazer chegar à Autoridade Tributária e Aduaneira esta sua intenção e têm um pr...

ver mais
Indústria têxtil e vestuário está a conquistar o seu futuro

Ministro da Economia participou no lançamento do livro de Paulo Vaz“Da tradição se fez futuro – 30 anos de indústria têxtil portuguesa” é o título do novo livro de Paulo Vaz, editado pela “Vida Económica”, que acaba de ser apresentado no Edifício da Alfândega, no Porto.Na sess&a...

ver mais
FC Porto cumpre fair-play financeiro da UEFA mas capitais próprios caem

A SAD do FCPorto continua a cumprir com as metas do fair-play financeiro impostas pela UEFA e tudo indica que que poderá deixar de estar debaixo daquele “jugo” a partir de 2019/2020, a últimas das quatro temporadas previstas para acordo entre as instituições. Não obstante, no fim da temporada de 2017/2018, as contas da SAD porti...

ver mais
Consolidação do mercado das telecomunicações é um desafio

Rui Paiva, CEO da WeDo TechnologiesNasceram no seio da Sonae mas desde logo começaram a exportar soluções para o mercado das telecomunicações. Rui Paiva, CEO da WeDo Technologies, admite que o facto de as empresas estarem a comprar-se umas às outras é um desafio. “De repente, literalmente desaparecem-nos clientes”,...

ver mais
Empresas Familiares com sotaque do Norte

REFLEXÕES SOBRE EMPRESAS FAMILIARESO Centro Interdisciplinar da Universidade do Minho, em copromoção com a AEP, desenvolveu um projeto, apoiado pelo Norte 2020, com o objetivo de efetuar um estudo detalhado do tecido empresarial familiar do Norte do país.O resultado é um trabalho pioneiro e inovador, que partiu de uma base de dados de mais ...

ver mais
  
 
«  
 
  »
Drucker on carving success out of the crisis

€ 12,00 (IVA incl.)

Drucker on carving success out of the crisis: What Peter Druker would have told us

Jorge Vasconcellos e Sá e Magda Pereira

O que nos diria Peter Druker, o pai da gestão, sobre como sair mais forte da crise?

Com dezenas de exemplos de várias empresas, Volvo, Pepsi, El Corte Inglés, Nivea, Sony,...

Pontos com VidaAo adicionar este produto poderá acumular 12 pontos com vida. Ao finalizar esta encomenda poderá acumular 12 pontos com vida que poderão ser convertidos num vale de € 1,20.


  • Drucker no Turismo
    € 12,00
  • Introdução à Gestão de Organizações - 3ª Edição
    € 28,00
  • A Gestão do Crédito como Vantagem Competitiva
    € 23,00
  • Código da Estrada - Edição de bolso
    € 4,90

O que nos diria Peter Druker, o pai da gestão, sobre como sair mais forte da crise?

Este é o tema do livro editado por ocasião do centenário do nascimento de Peter Drucker.

Com dezenas de exemplos de várias empresas, Volvo, Pepsi, El Corte Inglés, Nivea, Sony, entre muitas outras, o livro apresenta as soluções que segundo Peter Drucker criam uma organização capaz de enfrentar qualquer crise e até sair dela reforçada.

Escrito por Vasconcellos e Sá que frequentou a Drucker School of Management onde obteve o seu mestrado, e cujo trabalho Drucker por diversas vezes elogiou.

INDEX:

Page

Preface

I – Drucker as a teacher

II – The importance of the (four) questions

III – The first question of Drucker (managing the past: if we were to decide now, would we still enter the businesses we are in today? And if not, what are we going to do about it?)

IV – The second question of Drucker (managing the present: given that the purpose of a business is to create a client, who is he/she?; where is he/she?; what is value for him/her?; and which of his/her needs are not satisfied?)

V – The third question of Drucker (managing the future: what is our business and what should it be?)

VI – The fourth question of Drucker (managing the internal organization: given that our back office is someone else’s front office, how will we take advantage of the fact)

VII – Churchill on Darwin

 

FONTE DE INSPIRAÇÃO DA MODERNA GESTÃO

O que têm a ver entre si Peter Drucker, Jorge Vasconcellos e Sá e a Vodafone? Vejamos. Drucker está considerado o pai da moderna Gestão, tendo-a tornado uma disciplina séria, prática e humanista. Teve no Prof. Jorge Vasconcellos e Sá um dos seus mais dilectos discípulos, a quem elogiou em várias ocasiões, que em Portugal muito tem contribuído para a divulgação da sua obra. A Vodafone Portugal tem, por seu lado, desde sempre, uma cultura de gestão moderna, apostando na criatividade e inovação, voltada para as pessoas, sem o que, pensamos, não haveria bons resultados empresariais.

Foi este - o focus da Gestão empresarial nas pessoas - fio condutor que me levou a aceitar o honroso convite do Prof. Jorge Vasconcellos e Sá para dar o meu modesto testemunho sobre o livro “Drucker on carving sucess out of the crisis: What Peter Drucker would have told us”.

Foi longa a vida (faleceu em 2005, aos 95 anos), a carreira e a obra de Peter Drucker. Nascido na Áustria, estudante na Alemanha pré-regime nazi, trabalhador na City londrina, cidadão americano aos 26 anos, Drucker tinha uma cultura multifacetada, que se reflectiu, aliás, na sua actividade académica e empresarial, quer como economista, quer como consultor, conferencista, autor ou professor.

Homem de grande dimensão intelectual, Drucker destacou-se, naturalmente, em qualquer daqueles domínios do conhecimento e do saber. Seria, no entanto, o seu pensamento e a sua obra sobre a moderna Gestão que lhe traria o reconhecimento do mundo académico e empresarial.

Todos consideram Drucker, quase unanimemente, o “pai” da moderna Gestão, elaborando ideias e conceitos que produziram forte impacto na vida dos gestores e das empresas e da economia. Ele deixou-nos algumas ideias muito simples, mas fundamentais: devemos estar atentos às tendências da sociedade e do mercado, precisamos de interpretar o presente e perspectivar as suas implicações no futuro, temos de encarar a Gestão também como uma ciência social que não se circunscreve apenas à empresa e à economia.

Para Drucker - entendimento que na Vodafone Portugal perfilhamos - a Gestão deve ter sempre presente o homem e, por isso, diversas disciplinas ou ciências, como, entre outras, a Economia, a Psicologia, o Marketing ou a Sociologia.

O Prof. Jorge Vasconcellos e Sá - consultor, conferencista, autor, catedrático das mais prestigiadas Universidades portuguesas e internacionais - fez um MBA na The Peter F. Drucker Graduate School of Management, na Califórnia, foi aluno brilhante, elogiado pelo Mestre. A admiração é recíproca, aliás. O Prof. Jorge Vasconcellos e Sá é, sem dúvida, um dos mais influentes discípulos e representante da obra de Drucker.

Não surpreende, portanto, que a assinalar o primeiro centenário do nascimento de Peter Drucker, o Prof. Jorge Vasconcellos e Sá tenha publicado este livro. Livro importante e útil. O conteúdo e as dezenas de exemplos sobre grandes empresas e marcas que esta obra contém, constituem uma fonte de reflexão e inspiração para a vida profissional de qualquer gestor ou empresário.

Cabe aqui sublinhar que a Vodafone Portugal tem uma Missão, Valores e Cultura humanista inspirada nas melhores práticas. A sua equipa de Gestão não visa, por isso, irracionalmente, o “lucro pelo lucro”. Ao invés, define políticas e objectivos que apontam para o bem estar e a qualidade de vida dos seus clientes e dos seus colaboradores. Isto faz parte do seu ADN.

Não é por acaso, portanto, que, segundo estudos independentes do mercado, a Vodafone Portugal é reconhecida como líder na satisfação dos clientes de telecomunicações e a empresa do sector que oferece mais valor aos clientes.

Na verdade, os bons resultados da Vodafone andam não só intimamente associados à sua modernidade organizacional e à competência e empenho dos seus colaboradores, à sua criatividade e inovação tecnológica e empresarial, mas também à eficácia e humanismo da sua gestão. Trata-se de uma empresa próxima e cidadã, solidária com a comunidade e com as pessoas.

Através de criteriosas acções desenvolvidas pela da Fundação Vodafone, a empresa procura contribuir para atenuar desequilíbrios económicos, eliminar lacunas de desenvolvimento e fortalecer a coesão do tecido social, disponibilizando para o efeito as suas melhores competências técnicas e organizacionais. Saliento, a título de exemplo, o significado e a importância de projectos de combate à infoexclusão, da preservação do ambiente ou do apoio à integração social de pessoas com necessidades especiais, adaptando serviços e equipamento.

Por todas as razões que enunciei, é para mim um privilégio apresentar “Drucker on Carving sucess out of the crisis. What Peter Drucker would have told us” da autoria de uma figura de grande prestígio no domínio académico e empresarial, como é o Prof. Jorge Vasconcellos e Sá, que todos admiram e respeitam. Todos temos, certamente, alguma coisa a aprender, lições a tirar e soluções a aplicar quer da obra de Peter Drucker quer do conteúdo deste livro e do saber e da experiência profissional do Prof. Jorge Vasconcellos e Sá.

António Coimbra

CEO Vodafone Portugal

  • Autor(es): Jorge Vasconcellos e Sá e Magda Pereira
  • ISBN: 978-972-788-377-6
  • Peso: 0.543 Kg
  • Data de Edição: Novembro 2010
  • Edição: 2ª
  • Editor: Grupo Editorial Vida Económica
  • Idioma: Inglês
  • Medidas: 17 x 24,5 cm
  • Nº de páginas: 128

Foi dez vezes capa de revistas na área de negócios (Business Digest, Marketeer, etc.), apresenta o programa de televisão “Economia do Mês” (RTP2, RTPN e RTP Internacional) e tem uma coluna periódica de opinião no jornal Vida Económica.

Jorge Vasconcellos e Sá estudou com Peter F. Drucker na Drucker Graduate School of Management, onde obteve o seu mestrado. Licenciou-se em Economia (Universidade Técnica de Lisboa) e em Gestão de Empresas (Universidade Católica).

Possui uma pós-graduação em Macroeconomia pela Fundação Gulbenkian, um MBA pela Claremont Graduate School e fez o doutoramento em Gestão de Empresas (PhD) pela Columbia University, de Nova Iorque.

Actualmente é professor catedrático na Universidade Técnica de Lisboa.

Em 1997 foi-lhe conferida a Cátedra Jean Monnet (o mais alto título académico europeu) pela Jean Monnet Foundation em Bruxelas.

Além da actividade de docente tem exercido funções de Consultor Privado, Administrador não Executivo em múltiplas organizações, nacionais e multinacionais de reconhecido mérito, inclusive para o Estado Português.

1. Jorge Vasconcellos e Sá is of brazilian, french and portuguese ascendancy. He has a master’s degree from the Peter F. Drucker Graduate School of Management in California, where he studied with Peter Drucker. He received his doctorate (PhD) in Business Administration, from Columbia University, in New York where he was a student and research and teaching assistant. He was always in the Dean’s list.

2. In 1997 he was awarded the Jean Monnet Chair (by the Jean Monnet Foundation at Brussels), the highest European academic award, and has in the past received several distinctions including Fulbright, and Beta, Gamma and Sigma fellowships.

3. He also has two undergraduate degrees one in Economics (Technical University) and one in Business Administration (Catholic University) and a graduate degree in macroeconomics from Gulbenkian Foundation.

4. He is currently a full professor (life tenure) and teaches at AESE (associated with Harvard linked IESE of Barcelona).

5. Vasconcellos e Sá is also President of the Portuguese Institute for Economic Freedom and the european editor of the USA magazine Paper Money.

6. His books have been translated into eleven languages: English, Portuguese, Spanish, Chinese (Mandarin), Russian, Ukrainian, German, Lithuanian, Thai, Korean and Norwegian and have received endorsements, among others, from Peter F. Drucker, Philip Kotler, Al Ries (author of the bestsellers Marketing Warfare and Positioning), Don Hambrick (Professor at Columbia University and The Pennsylvania State University), Karl Moore (Professor at Oxford and McGill University), Luiz Moutinho (Professor at Glasgow University) and so on.

7. He has addressed conferences and given seminars at several universities including London Business School, IESE (Navarra University, Spain), Glasgow Business School, A.E.S.E, ESSEC (France) and ESSAM (European Consortium of Business Schools), Oxford, Manchester Business School, George Washington University and Drucker School. He also addressed conferences and presented articles in several academic meetings, namely Academy of Management, Western Economic Association, etc.

8. He has worked as a private consultant, has been a non-executive director and has taught in the executive programmes for:

8.1. multinational companies such as: Coca-Cola, SHELL, Unisys, IBM, Price Waterhouse, Klynveld Peat Main Goerdeler, Glaxo, British Petroleum – BP, Dun & Bradstreet, Deloitte & Touche, Makro (Metro group), Systéme U, I.F.A, Intermarché, Mini Prix Bonjours,

Accenture, Watson Wyatt and Cap Gemini, Cesce, Scottish & Newcastle, Sara Lee, Microsoft, Total, Johnson & Johnson, Pfizer, Logica, etc.;

8.2. the permanent commission of the EU in Brussels and the Phare and Tacis programs for the former Soviet Union countries and Eastern Europe and International Labour Organization (I.L.O.);

8.3. trade associations such as the International Federation of Pharmaceutical Manufacturers and Associations, the American Association of Suppliers to the Paper Industry, the European Power Transmission Distributors Association, the Peter Drucker Society of Austria, etc.

9. He has developed professional activities in several countries, namely: United States, Switzerland, England, Germany, Belgium, Spain, Italy, Macao, Mozambique, Portugal, Brazil, Hungary, Bulgaria and Paraguay.

10. His hobbies are history, tennis and soccer. On the latter Vasconcellos e Sá holds a degree as a professional soccer coach (Level 1: first in his class among 97 candidates).

11. Jorge Vasconcellos speaks and writes Portuguese, Spanish, French, German and English.

He is married and has three children. He lives near Lisbon (Cascais).

Pesquisar

Login

Bem Vindo, Entrar(login)

Carrinho  

(Vazio)

Catálogo Virtual