Livraria Vida Económica
Livraria Vida Económica
Redunicre MastercardVerified by Visa
PayPal Logo
“Taylor’s Port quer, em Lisboa, conquistar os turistas, mas também os portugueses”

Anne Marie Faustino, diretora dos centros de visitas Taylor’s, afirma:A Taylor’s Port abre casa em Lisboa, junto ao Chafariz Del Rei, no bairro de Alfama, com a pretensão de, conforme revelou à Vida Económica, Anne Marie Faustino, diretora dos centros de visitas Taylor's, “conquistar os turistas, mas também os portugueses&rd...

ver mais
As empresas familiares da área do Cávado

REFLEXÕES SOBRE EMPRESAS FAMILIARES A análise da localização geográfica das empresas familiares, na NUTS III do Norte de Portugal, releva a forte concentração num número reduzido de concelhos de cada uma das áreas.   O estudo “Empresas familiares da Região Norte: Mapeamento, Retratos e Testemunh...

ver mais
KWD Portugal em Palmela investe 13 milhões de euros e cria 100 postos de trabalho

A KWD Portugal em Palmela conseguiu duplicar a produção. Produz agora anualmente subconjuntos para 500 mil viaturas para a Volkswagen Autoeuropa, Volkswagen Osnabrück, Seat Autoeuropa, Ford Valencia e Mercedes Vitoria. Este é o resultado de um investimento de 13 milhões de euros feito ao longo dos últimos 18 meses. Comprou 58 robô...

ver mais
Braga Parque comemora 20 anos de atividade “sempre a crescer”

Foi no mês de maio de 1999 que o Braga Parque abriu as suas portas ao público. Duas décadas marcadas pelo contínuo crescimento do centro comercial, seja em termos de espaço, número de clientes ou mesmo na “relação que mantém com a cidade”. Em entrevista à ‘Vida ‘Económica&rs...

ver mais
Caudalie aposta no mercado português

Marca de cosmética natural quer abrir “boutiques-spa” em Lisboa e no Porto A Caudalie aposta no mercado português e prevê abrir “boutiques-spa” em Lisboa e no Porto. Bertrand Thomas, cofundador da marca, de passagem por Portugal, falou à “Vida Económica” e revelou que a Caudalie cresceu 12% no mercado nacio...

ver mais
“Salários baixos têm efeitos práticos destrutivos”

Reitor da Universidade do Porto quer mudança de mentalidade empresarialA mentalidade das empresas tem de mudar na hora de contratar recém-licenciados e de fixar os seus salários, de modo a evitar que os melhores vão para o estrangeiro, considera António Sousa Pereira, reitor da Universidade do Porto (UP). Com 19% de estudantes estrangeiros,...

ver mais
  
 
«  
 
  »
Gestão estratégica do crescimento económico em Portugal

€ 16,00 (IVA incl.)

Também disponível em:
Ebook - Gestão estratégica do crescimento económico em Portugal

€ 13,00 (IVA incl.)

Gestão estratégica do crescimento económico em Portugal

Nuno de Souza e Silva

Utilizando os conceitos de gestão estratégica, de gestão de desempenho e do Balanced Scorecard, elabora-se um mapa estratégico para o crescimento económico. Esse mapa estabelece uma visão e uma missão, estrutura os objectivos e áreas estratégicas de actuação e evidencia a sua interligação.

Pontos com VidaAo adicionar este produto poderá acumular 15 pontos com vida. Ao finalizar esta encomenda poderá acumular 15 pontos com vida que poderão ser convertidos num vale de € 1,50.


  • Inovação Empresarial no Séc. XXI versão executiva
    € 9,90
  • Modelo Integrado p/ Gestão Efic. Controlo Risco
    € 16,00
  • Harvard Trends-Tendências de Gestão Livro+Ebook
    € 11,90
  • O Jogo do Futuro
    € 22,00

Neste livro, aplicam-se instrumentos de gestão para estruturar uma gestão estratégica para o crescimento económico de um país.

O conhecimento recolhido das teorias e dos modelos de crescimento económico permitem estruturar o pensamento relativo à actuação dos agentes económicos de uma forma articulada, coerente e integrada.

Utilizando os conceitos de gestão estratégica, de gestão de desempenho e do Balanced Scorecard, elabora-se um mapa estratégico para o crescimento económico. Esse mapa estabelece uma visão e uma missão, estrutura os objectivos e áreas estratégicas de actuação e evidencia a sua interligação.

O instrumento desenvolvido permite a explicitação da actuação económica, evidencia as relações causa-efeito que se estabelecem e oferece uma visão integrada das diferentes frentes de actuação e dos principais resultados, proporcionando como que uma “sala de comando” para a gestão do crescimento económico.

A obra sistematiza e integra aspectos como a criação de valor, a formação de capital humano, o investimento, a inovação, a competitividade externa, a concorrência, a criação de empresas, a gestão macroeconómica, entre outros aspectos relevantes para a gestão de um sustentado crescimento económico. Para cada uma daquelas áreas propõem-se indicadores estatísticos adequados.

Procedeu-se a uma análise sectorial obtendo informação para os níveis de produtividade de 54 sectores de actividade da economia portuguesa, onde foi possível identificar os níveis de produtividade existentes, o contributo de cada sector para a produtividade média nacional, o efeito do peso do emprego de cada sector, as dinâmicas de crescimento de produtividade para cada sector e algumas comparações internacionais.

Para além da análise sectorial da produtividade do trabalho entre os diversos sectores nacionais, procedeu-se também a uma comparação internacional para permitir compreender as situações e os fenómenos de alterações num contexto internacional.


"No actual contexto de crise internacional, a gestão estratégica do crescimento é um tema de grande actualidade. Para crescer mais e melhor é necessário agir com abrangência e sentido de urgência. As ferramentas conceptuais explicitadas pelo autor nesta obra são de inequívoca utilidade para quem quiser, pelo conhecimento ou pela acção, ser agente activo no desafio de crescimento com que nos confrontamos."

Carlos Zorrinho, Professor Catedrático do Departamento de Gestão da Universidade de Évora e Secretário de Estado da Energia e da Inovação

"Trata-se de um livro inovador que aplica ferramentas da Gestão à análise macroeconómica do crescimento.Uma excelente contribuição para a compreensão do caso português e para o estabelecimento de pontes - que são cada vez mais necessárias - entre a Economia e a Gestão."

João Ferreira do Amaral


"O livro de Nuno de Souza e Silva é particularmente actual num momento em que o reforço da competitividade é decisivo para aumentar o potencial de crescimento da economia nacional. A metodologia proposta, de aplicação dos conceitos de gestão estratégica na definição da política económica, deveria ser objecto de reflexão pelos decisores públicos. Particularmente interessante é a análise exaustiva e o volume de informação disponível sobre a evolução da produtividade nacional."

Alexandre Relvas, Gestor

“Os temas cobertos neste livro dificilmente poderiam ser mais oportunos. Sabemos que Portugal tem problemas crónicos de crescimento e desequilíbrio externo que têm a sua raiz numa paulatina perda de competitividade, associada por sua vez a um deficit de produtividade que não tem vindo a ser compensado pela evolução dos salários nominais. Sobre isto há já muita literatura e diagnóstico, mas, infelizmente, bem menos acção concreta. Dentro do espírito de que “what gets measured gets done”, o Balanced Scorecard tem demonstrado ser uma ferramenta fundamental para provocar o avanço e a transformação no âmbito da gestão. A sua aplicação à monitorização do desenvolvimento económico do país, não nos grandes agregados, mas nas variáveis concretas de actuação pública e privada que induzem o crescimento da produtividade, é portanto não só, uma boa ideia como uma condição sine qua non do nosso avanço económico como país.”

João Castello Branco, Director. McKinsey & Company

 

Índice:

Introdução

Propósito

Estrutura

 

Parte I

- A importância da Gestão Estratégica

- O Balanced Scorecard

- Evolução do Balanced Scorecard

- Gestão Estratégica de Organizações sem fins lucrativos

O Balanced Scorecard para Organizações sem fins lucrativos

- O Balanced Scorecard para Organizações Governamentais

 

Parte II

- Crescimento Económico

- Importância das Organizações e Instituições para o Crescimento Económico

 

Parte III

- O conceito de Balanced Scorecard para a economia de um país

- Desenvolvimento de um Mapa Estratégico

- Métricas para os eixos estratégicos: exemplos

 

Parte IV

- Desagregação de informação para cada eixo estratégico

- Análise de um eixo estratégico: a produtividade

                 Análise da produtividade do trabalho sectorial

                 Análise shift-share

                 Acumulação de capital e Produtividade Total dos Factores

                 Conclusões da análise da produtividade

- Conclusões

- Aplicações futuras

 

Anexos

 

Posfácio

 

Referências e Bibliografia

  • Autor(es): Nuno de Souza e Silva
  • ISBN: 978-972-788-318-9
  • Peso: 0.658 Kg
  • Data de Edição: Junho 2010
  • Editor: Grupo Editorial Vida Económica
  • Idioma: Português
  • Medidas: 15.5 x 23 cm
  • Nº de páginas: 288

Nuno de Souza e Silva foi Director-Geral adjunto do Gabinete de Estratégia e Estudos do Ministério da Economia e da Inovação, entre 2003 e 2006, e membro do Conselho Económico e Social, entre 2004 e 2006.

Nesse período, desenvolveu diversos trabalhos nas áreas de política económica e de investimentos, análise sectorial e regional, exportações, competitividade e produtividade, inovação, energia, entre outras. Foi delegado nacional a diversas reuniões com a Comissão Europeia, OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico) e FMI (Fundo Monetário Internacional).

Participou ainda directamente na elaboração do Plano Nacional de Inovação, da Estratégia Nacional para o Desenvolvimento Sustentável, do Plano Tecnológico e nos trabalhos de acompanhamento e report da Estratégia de Lisboa.

Actualmente, tem desenvolvido actividade no sector da Energia em diversos países do mundo a partir de Portugal, tanto na área industrial como de consultoria, tendo desempenhado cargos de gestão, direcção e administração em diversas empresas nacionais e multinacionais.

Nuno de Souza e Silva é Licenciado em Engenharia Electrotécnica pelo Instituto Superior Técnico, Mestre (MSc.) pela mesma instituição, MBA e Mestre em Gestão de Empresas (MSc.) pela Universidade Nova de Lisboa. Durante a sua formação obteve Bolsas de Mérito pelo Board of European Students of Telecommunications, pelo Goethe Institute e pela Junta Nacional de Investigação Científica e Tecnológica.

Do seu curriculum constam também diversas publicações em revistas científicas e apresentações em Conferências, na Europa e Estados Unidos, nas áreas de inovação, competitividade, energias renováveis, telecomunicações e comunicações móveis. Leccionou ainda cursos de formação em diversas áreas tecnológicas e energia.

Pesquisar

Login

Bem Vindo, Entrar(login)

Carrinho  

(Vazio)

Catálogo Virtual